Tesouro Direto: vale a pena investir?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Tesouro Direto

A busca pelos melhores investimentos é uma das preocupações dos brasileiros que desejam aumentar sua renda. Ou seja, de quem procura boas formas alternativas de ganhar dinheiro.

Atualmente, um investimento vem chamando a atenção de grandes e pequenos investidores. É o Tesouro Direto. Você conhece esse tipo de investimento? Será que vale mesmo a pena investir nesse segmento?

Saiba mais sobre o assunto, lendo este post!

O que é Tesouro Direto

Tesouro Direto é o nome dado a um conjunto de títulos do próprio governo federal com site próprio, permitindo ao investidor tirar todas as suas dúvidas de forma autônoma.

Para investir nessa modalidade, é preciso ter conta em algum agente de custódia habilitado para o Tesouro Direto (banco ou corretora). Também pode investir por meio de um fundo de investimento que contemple os títulos do Tesouro, como os fundos de renda fixa.

Os prazos variam, mas geralmente os de prazo mais longo oferecem melhores rendimentos. Desde 2015, é possível vender alguns títulos antecipadamente e diariamente (liquidez diária). Outros títulos oferecem juros semestrais, ou seja, é possível sacar juros a cada 6 meses sem prejudicar a rentabilidade.

As garantias do Tesouro Direto

Certos investimentos, como CDBs e Caderneta de Poupança, possuem cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), que cobre até o valor de R$ 250 mil por CPF e instituição financeira, garantindo que o investidor receba seu dinheiro no caso de a instituição quebrar ou dar calote.

No caso dos títulos do governo federal, não há cobertura do FGC, mas ainda assim eles são considerados como os títulos de renda fixa mais seguros que existem, pois são garantidos pelo Tesouro Nacional.

O Tesouro Nacional é o caixa do governo brasileiro. Nele, estão depositados todos os tributos do país. O dinheiro público está depositado em uma conta do Banco do Brasil, de onde é distribuído para diferentes destinações, como a emissão de títulos públicos.

Sabe-se que o Banco Central tem a “máquina de fazer dinheiro”, o que torna o Tesouro Direto um investimento muito seguro, pois o governo tem vastas possibilidades para honrar seus compromissos.

O capital inicial e os encargos

Não se exige um capital inicial elevado para investir nesses títulos. É possível pagar somente 1% do preço da unidade de um determinado título. Porém, na prática, o investimento mínimo deve ser de R$ 30,00.

Por exemplo, considerando uma LTN que custa R$ 515,08, 1% equivale a R$ 5,1508. Mas não se pode investir esse capital inicial tão baixo.  Já uma LFT que custa R$ 6.822,21, exige do investidor um capital inicial aproximado de R$ 68,22 (1% do preço do título).

Quanto ao imposto de renda, ele incide de forma regressiva sobre as aplicações — quanto mais longo o prazo, menor será a alíquota do IR:

  • até 180 dias, alíquota de 22,5%;
  • acima de 180 e até 360 dias, alíquota de 20%;
  • acima de 360 até 720 dias, alíquota de 17,5%;
  • acima de 720 dias, alíquota de 15%.

Também incidem algumas taxas. A taxa de administração é a taxa cobrada pelo agente de custódia (mas alguns agentes cobram taxa 0). Outras possíveis taxas são a taxa Selic acumulada no último ano e a taxa cobrada pela Bolsa de Valores do Brasil (em torno de 0,3% do valor total investido).

Os indexadores

Indexadores são os índices que definem a rentabilidade dos títulos federais. Há títulos prefixados, cuja rentabilidade fica definida no momento de compra do título e os pós-fixados, cuja rentabilidade efetiva só será conhecida quando o título alcançar seu vencimento.

Um dos principais indexadores é a Selic, ou taxa básica de juros. Outro é o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que é um indexador de inflação. Também se usa o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), que também é um índice atrelado à inflação, que garante o poder de compra do consumidor.

O que você acha depois de ler o texto: vale a pena ou não investir no Tesouro Direto? Deixe seu comentário!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×